segunda-feira, 4 de julho de 2016

Peace of Mind

Então chegou um dia em que eu resolvi que não iria conseguir sozinha.

Às vezes, só as nossas armas não são suficientes. E foi aí que resolvi fazer um trabalho em equipe para deixar para trás, um conceito e alguns sentimentos que insistiam em me perseguir.

Hoje, exatamente, acordei me sentindo livre das amarras desse pensamento e sentimento.

Na verdade, o sentimento está lá. Mas é como se fosse um filme, uma peça de teatro muito especial que assisti.

Superação está no tamanho do desejo em transformar.

Neste momento, sinto confiança em enxergar com ternura, sem nenhum pesar, o sonho que parecia ter sido destruído.

É deliciosa a sensação de conforto sobre aquilo que um dia feriu. A sensação de estar no futuro e não mais, presa a um passado sem fim. É um gosto de vitória, de prazer alcançado, de mais um capítulo construído com sucesso.


Isso se chama paz..