quarta-feira, 6 de abril de 2016

A grande obra

O casarão antigo e suntuoso ainda existe na lembrança.
Com suas vigas de madeira maciça e três andares de pura história e móveis nostálgicos.
Os quadros dramáticos e o piano empoeirado no canto da grande sala. 
As paredes com profundas rachaduras, o piso começava a ceder.
Ter vivido brilhantes anos sob "este teto", proporcionou o bem mais valioso que jamais será esquecido, a experiência de vida. 
Porém, havia chegado a hora de substitui-lo por uma nova obra. 
É um processo trabalhoso, que requer paciência e tempo.
Muito desprendimento de tudo o que passou e focar no que virá de mais belo.
O espaçoso terreno, já tomado pela grama alta e densa, merecia um enorme lar, amplo, iluminado, de decoração leve e convidativo.

Repleta de amor, carinho, alegria e compaixão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário